Em MG o número de óbitos por febre amarela atinge 99 pessoas

Um boletim epidemiológico da secretaria de saúde de Minas Gerais, anunciou nesta sexta-feira (3), a morte de 99 pessoas pela febre amarela. Onde 87,8% são do sexo masculino e com idade média 45 anos.

Este surto está sendo um dos maiores casos da doença desde 1980 no Brasil. A febre amarela é transmitida pelo mosquito aedes aegpypt nas áreas urbanas e em áreas agrícolas e silvestres é o mosquito Haemagogus. São atingidos pela febre amarela humanos e macacos, ocorrendo em alguns países da América do Sul, África e América Central.

Na área urbana até agora nenhum caso foi registrado em MG, de acordo com os órgãos públicos. As principais medidas contra a febre amarela estão sendo providenciadas pelos postos de saúde, como a vacinação, com uma única aplicação e tendo que ser reforçada depois de 10 anos. Já em crianças é recomendado uma dose aos 9 meses e sendo reforçada, aos 4 anos de idade, de acordo com o Ministério da Saúde.

Os principais sintomas são, febre alta, dores de cabeça, calafrios, vômitos, cansaço, dores musculares, náuseas, esses sinais duram em cerca de três dias. Em casos mais graves, insuficiência hepática e renal, olhos e pele amarelada, hemorragia e cansaço intenso.

A maioria dos infectados já descobertos no início, conseguem se recuperar e ficar imune permanente contra a febre amarela.

Fonte: istoe.com.br