Novas regras para cartão de crédito rotativo começam a valer nessa semana

Para reduzir a inadimplência e evitar o endividamento, o usuário do cartão de crédito não precisará ficar preso ao rotativo do cartão, o tão conhecido pagamento mínimo de fatura. Agora sempre que o usuário que entrar no crédito rotativo, o banco oferecerá ao cliente duas opções para facilitar esse pagamento que são:

Após 30 dias o cliente poderá pagar o seu saldo devedor parcelando ou pagar a vista, que fica ao seu critério de escolha, caso não tenha nenhuma das alternativas o usuário fica inadimplente.

Essa nova norma faz com que o governo acredite que as taxas de juros fiquem mais baixas e o usuário do cartão fique menos tempo no rotativo e que não vire uma bola de neve.

O cartão de crédito tem as taxas mais altas no mercado brasileiro. Antes dessas regras o cliente fazia uma compra por, exemplo de R$ 1 mil e a sua fatura mínima fosse de R$ 150, a dívida poderia se tornar impagável e gerando uma bola de neve para o cliente do cartão.